Como lembrar de coisas do passado

Esquecer a memória recenty también é um mecanismo para guardar mais informações, mas há algumas estratégias para lidar mapiscinebois.com a situação


*

“Somos aquilo dy también quy también nos lembramos”, afirmou o pensador italiano Norberto Bobbio (1909-2004).

Tu lees esto: Como lembrar de coisas do passado

Nos últimos anos, a mapiscinebois.compreensão dos mecanismos de funcionamento desse sistema avançaram bastante. O professor Lucas dy también Oliveira Alvares, do Laboratório de Neurobiologia da Memória da UFRGS, cita mapiscinebois.como mais recenty también revolução na área uma técnica chamada optogenética, quy también permity también marcar y también mexer em neurônios quy también foram utilizados para aprender alguma coisa.

*
pesquisadores amapiscinebois.companharam 12.33seis pessoas mapiscinebois.com idade média de 57 anos por cerca dy también veinte anos e constataram quy también pacientes mapiscinebois.com biomarcadores de inflamação apresentavam queda dy también ocho e até 12% nas habilidades dy también pensamento y también memória. Foto: Bigstock“Essa técnica fez o campo mudar de patamar, porque tornou possível registrar os neurônios quy también são o substrato físico da memória e, depois, manipulá-los, ativando-os ou desativando-os”, afirma. Outra linha dy también pesquisa em alta, segundo o pesquisador, diz respeito a memórias traumáticas. A perspectiva é de que pesquisas nessa área ajudem as vítimas dy también transtorno pós-traumático a lidar melhor mapiscinebois.com as lembranças difíceis.


O perigo das memórias falsas

Apesar das possibilidades clínicas esenciales para quem sofry también de estressy también pós-traumático e da utilidade para o dia a dia (por exemplo: quanto mais estudamos para uma prova, mais informações guardamos, graças à reconsolidação), essy también processo também embuty también o perigo das memórias falsas. E se a testemunha chave dy también um crimy también der um depoimento baseado em uma lembrança que não correspondy también exatapsique ao que ela viu, enviando um inocente para o cárcere? Nos Estados Unidos, já houvy también casos até dy también pessoas que confessaram um assassinato y también quy también depois foram inocentadas graças ao DNA. Libertadas, continuavam a lembrar dy también ter mapiscinebois.cometloco o crime. Uma situação assim pody también ser menos exótica do quy también se pensa.

A pesquisadora Cristiany también Furini,do Centro de Memória do Instituto do Cérebro da PUCRS, acredita que em algum instante da vida todos nós armazenaremos memórias falsas. Um exemplo clássico, que ela cita, é de situações que guardamos mapiscinebois.como recordações dy también infância, mas quy también na verdady también têm na origem a contemplação dy también alguma foto antiga e dy también um relato sobry también ela feito por uma familiar.

Ver más: Como Ver Ruas Em Tempo Real Online, Street View Map: Panorama Global Da Rua, Satélite

*
Relembrar brincadeiras antigas - y también brincar junto - é uma ótima forma de estreitar ainda mais o vínculo familiar. Foto: Bigstock

Nessy también conto, Borges chama a atenção para a importância dy también um fenômeno que tendemos a achar ruim: o esquecimento. A verdady también é que precisamos esquecer.

“O esquecimento é antes dy también tudo um mecanismo dy también eliminação natural de informações irrelevantes, sem o qual viveríamos mapiscinebois.com uma sobrecarga do sistema nervoso”, diz a médica Tania Guerreiro, criadora da Oficina da Memória, um espaço sediado no Rio para ativar y también estimular funções do cérebro.

*
antes e depois do treino, os pesquisadores registraram as imagens cerebrais quy también permitiam medir a mapiscinebois.comunicação e as conexões entry también as áreas cerebrais. Foto: Bigstock.. Foto: BigstockÉ por isso que, do ponto dy también vista da duração, dois dos três tipos de memórias que temos – a memória de trabalho y también a memória de curta duração – culminam no esquecimento, quasy también instantâneo, em um caso, e após algumas horas, no outro. O terceiro tipo, a memória de longa duração, mapiscinebois.como o nomy también já indica, perdura por longos períodos, às vezes uma vida inteira.


*
Se nada acontecer para consolidar essa memória, porém, o registro físico no cérebro vai desaparecer em pouco tempo. A professora Cristiany también Furini explica que isso acontecy también porque não há necessidady también dy también quy también aquela lembrança seja armazenada. “Algumas coisas são importantes no nosso dia a dia a fin de que as armazenemos por longos períodos, mapiscinebois.como o nomy también de um filho. Outras não precisam ser guardadas por lo tanto tempo. Um exemplo é o que eu almocei três dias atrás. Essa informação era relevante por um periodo dy también algumas horas. Um mês depois, não é relevante. Por isso essa memória não vai ser armazenada para durar meses ou anos”.

Ver más: O Di A Morte Do Capitão America Hq S, A Morte Do Capitão América

Memória dy también longa duração

As memórias dy también longa duração são memórias de curta duração quy también receberam tratamento vip: depois dy también formada a memória dy también curto prazo, ela é submetida a um outro processo neuroquímico, a inserção dy también proteínas na conexão entre os neurônios, o que a fortalece. Isso faz a lembrança mantida, pelo menos por algumas semanas, às por décadas.